Erros e acertos em minha gestão

 

Erros Hospital

Entre erros e acertos, o Hospital do Câncer foi uma das grandes conquistas.

Erros e acertos fazem parte do dia-a-dia de qualquer pessoa. A vida é assim. Só errar e errar é que ninguém aguenta. E persistir no erro, aí sim é burrice mesmo. Mas existe um lado positivo nesta estória. A gente aprende muito mais com os erros do que com os acertos.  Afinal, atire a primeira pedra quem nunca errou.

Dentro desta lógica, fazendo uma autocrítica de gestão até aqui, vejo que acertei muito mais do que errei. Entre os erros, talvez devesse ter comunicado mais as realizações de meu Governo. Trabalhei muito, mas não fui fiel à velha estória da galinha que bota o ovo e cacareja. Não basta fazer, é preciso anunciar. E é fato que a opinião pública só reconhece um governante quando percebe os benefícios que recebeu.

Mais acertos que erros

É visível como Rondônia avançou nos últimos 3 anos. Nem preciso falar da Saúde. Todos se lembram como recebi o Governo, os grandes erros e mazelas da Saúde, a TV mostrando o caos a quem quisesse ver. A coisa estava feia demais. E com esforço imenso fomos subindo, degrau a degrau, até chegar onde estamos hoje.

No tratamento do câncer, por exemplo, a saída era o aeroporto. Viajar para São Paulo, Goiás ou Cuiabá para tratamento. Hoje o cenário  é outro. O Governo contratou a Fundação Barretos para vir pra cá. E ajudou a implantar um serviço novo em Cacoal. Hoje, temos três unidades diferentes para prevenir e tratar doentes com câncer. Assim, posso dizer pra vocês: houveram erros sim. Mas os acertos foram bem maiores. E a população está reconhecendo isso.

Pra frente é que se anda, Rondônia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.