Confúcio lamenta morte do arcebispo Dom Moacyr Grechi

Confúcio lamenta morte do arcebispo Dom Moacyr Grechi

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) lamentou nesta terça-feira (18), em Plenário, a morte de Dom Moacyr Grechi, arcebispo emérito de Porto Velho, aos 83 anos de vida, depois de quase meio século de sacerdócio e de um histórico de ações e boas obras. Defensor da floresta Amazônica, dos índios e trabalhadores rurais, Dom Moacyr Grechi lutou pela punição dos assassinos do seringueiro e ambientalista Chico Mendes, lembrou Confúcio Moura.

O parlamentar ressaltou que Dom Moacyr foi um dos criadores da Comissão Pastoral da Terra e do Conselho Indigenista Missionário, atuando em defesa dos cidadãos em situação de exclusão social e em busca da justiça social.

— Nomeado Arcebispo de Porto Velho em 1998, função que exerceu com amor, dedicação, ética e responsabilidade até 2011, durante seu ministério em Rondônia, Dom Moacyr continuou sua luta em defesa das causas sociais, com a vida dos pequenos e dos pobres — destacou.


Fonte: Agência Senado

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.