Presidente do TJRO parabeniza senador Confúcio Moura pela implantação do Projeto Cidades Inteligentes em Ariquemes

Desembargador elogia Projeto que trará melhorias dos serviços públicos oferecidos aos cidadãos do município

Em ofício encaminhado ao senador Confúcio Moura (MDB/RO), o presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, parabeniza o parlamentar pela implantação do Projeto Cidades Inteligentes no município de Ariquemes.

No documento, o magistrado informa ter tomado conhecimento de que a cidade rondoniense será a primeira do estado a implantar o Projeto, viabilizado por  emenda indicada pelo senador e aprovada no Orçamento do Ministério da Ciência , Tecnologia e Inovações.

“Parabenizo pelo trabalho realizado e pelo excelente Projeto, que trará melhorias nos serviços públicos para os cidadãos, visto que serão oferecidos de forma online, com fácil acesso à população, além de abranger várias áreas essenciais, como: educação, saúde, segurança, governança, empreendedorismo e inovação”, enfatiza o desembargador no seu generoso ofício.

O que são Cidades Inteligentes?

O Projeto Cidades Inteligentes vai investir inicialmente, quase de 23 milhões no município de Ariquemes. O Projeto foi elaborado pelo Instituto Federal de Rondônia (IFRO) que o está desenvolvendo em parceria com a Administração Municipal, para entrega de diversas soluções em um período de 36 meses.

O Projeto audacioso, destaca o senador, “já está gerando novas oportunidades de trabalho e renda no município” e é um novo caminho que irá conectar e transformar a gestão pública pois, através dele, o cidadão terá acesso à informações como: impostos, taxas, agendamento de consultas, matrículas em Escolas Públicas e outros serviços, sem burocracia e sem filas.

“Me sinto muito honrado com a manifestação do desembargador Marcos Alaor Grangeia, pois é um reconhecimento de um importante tribunal a um projeto de alcance universal, para todos, inclusivo. Aliás, este tem sido o princípio do nosso mandato: ações abrangentes, massivas, de grande alcance, pois se as necessidades são grandes, as soluções também devem ser”, finaliza Confúcio Moura.

.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.