O Escritor

Em 2002 Confúcio Moura lançou  o primeiro livro, sob o título de “A Flecha”, literatura que conta a tragédia de uma família de seringueiros dizimada por ataques dos índios Uru-Eu-Wau-Wau. No período que atuou como deputado federal,  narrou em crônicas “Sem Exageros” (2004), e “Em Suaves Prestações” (2005).  O médico-escritor reuniu poesias escritas desde a adolescência na obra que chamou de “Fragmentos de Minha Vida”, e “Caleidoscópio” (2010), uma seleção de crônicas escritas a partir de observações em suas viagens por Rondônia, Brasil e pelo mundo. Há anos Confúcio Moura escreve crônicas semanalmente em seu blog pessoal, com o objetivo de estabelecer uma conexão direta com o leitor.