Educação e desenvolvimento

Educação e desenvolvimento

Pode perguntar a qualquer pessoa neste país sobre a importância da educação. A resposta vem na ponta da língua : – é a maior herança que um pai deixa ao filho. Educação ninguém tira, ninguém rouba.

E não é por falta de discurso que o Brasil não reage para a educação de qualidade. Discurso tem de sobra. Lutas e movimentos tiveram às mãos cheias. Ao longo da história, principalmente, no início do Século XIX para cá, não deu em quase nada. O país continua ruim demais neste quesito fundamental.

Educação é indispensável ao desenvolvimento econômico e social. Sem formação de gente preparada, vamos ficando para trás, a cada década, até retornarmos ao Renascimento ou Idade Média.

E então, como avançaremos? Como?

Até para se copiar modelos, o país deve ser competente. Saber copiar é virtude e qualidade. E não precisa ir longe para se copiar um modelo admirável. Bem ali, pertinho, no Estado do Ceará. Claro que há degraus a se subir. Vamos iniciar.

O primeiro compromisso é de que a EDUCAÇÃO seja política de Estado e não de governo. E estabelecer um contrato de gerações e tocar o bonde para a frente.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.