Confúcio Moura celebra liberação para compra das vacinas Sputnik e Covaxin no Brasil

Confúcio Moura celebra liberação para compra das vacinas Sputnik e Covaxin no Brasil

O senador Confúcio Moura, presidente da Comissão temporária da Covid-19 (CTCovid-19), afirmou que a autorização excepcional e temporária para uso e importação das vacinas contra o coronavírus Sputnik v (russa) e Covaxin (indiana) pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última sexta-feira (04), é uma boa notícia para o Brasil.

De acordo com o parlamentar, o Governo Federal já tem contratos de encomenda com as duas vacinas.  “A Covaxin são mais de 30 milhões de doses e a Sputnik, 10 milhões iniciais, e os governadores dos consórcios do Centro-Oeste, Nordeste, Norte e o consórcio de prefeitos têm interesse também em comprar”, explicou o parlamentar.

Para o senador, ficou mais fácil agora para aquisição desses dois imunizantes, no entanto ainda há algumas restrições. Segundo ele, inicialmente elas só poderão ser usadas para pessoas entre 17 e até 60 anos de idade que não possuem comorbidades, mas que tudo irá se resolver com tempo.

A decisão da Anvisa é apenas para lotes específicos de imunizantes trazidos de fora da Sputnik V e da Covaxin, e não configura autorização de uso emergencial, lembrando que a agência já autorizou os imunizantes para aplicação no Brasil da CoronaVac, AstraZeneca/Oxford, Pfizer/BioNTech e Janssen.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.