Confúcio Moura afirma que Governo Federal possui excelentes projetos que não dão certo por falta de recursos

Confúcio Moura afirma que Governo Federal possui excelentes projetos que não dão certo por falta de recursos

O parlamentar também defendeu a ampliação do programa de internet gratuita nas comunidades isoladas

Durante a sessão remota que elegeu os novos membros da Comissão do Senado do Futuro (CSF), na última quarta (24), e definiu o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) como presidente, para o biênio 2021-2023, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) afirmou que o Governo Federal possui excelentes projetos que não dão certo por falta de recursos.

De acordo com o parlamentar, o Brasil tem excelentes programas iniciados pelo Governo Federal para a área de tecnologia, como o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), que possui um sistema de fibra ótica de fronteira, mas que não consegue ir para a frente.

Confúcio também falou sobre a situação das escolas brasileiras com ensino híbrido durante a pandemia. Segundo ele, a situação é dramática e grande parte das crianças hoje não tem acesso, mesmo que remoto, por falta de mínimas condições de integração. Ele disse que é preciso buscar o dinheiro dos fundos. “Nós temos que fazer com que esses fundos tirem esse dinheiro de debaixo da terra, dessa manta de concreto armado que há sobre esses recursos”, observou.

O senador também defendeu a ampliação do Gesac nas comunidades isoladas. Segundo ele, o sistema é bem simples, que oferece, gratuitamente, conexão à internet em banda larga, por via terrestre e satélite a telecentros, unidades de Saúde, escolas rurais, comunidades indígenas.  “O Gesac é baratíssimo, é uma questão de buscar meios para ampliar esse programa, que é muito importante, é um programa de pobre, necessário mesmo”, concluiu.

Em tempo

O Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) é um programa coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações – MCTIC, que oferece gratuitamente conexão à internet em banda larga – por via terrestre e satélite, com o objetivo de promover a inclusão digital em todo o território brasileiro.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.