Categoria: <span>Poemas e Crônicas</span>

Home / Poemas e Crônicas
Poema didático
Post

Poema didático

Já tive um país pequeno, tão pequeno que andava descalço dentro de mim. Um país tão magro que no seu firmamento não cabia senão uma estrela menina, tão tímida e delicada que só por dentro brilhava. Eu tive um país escrito sem maiúscula. Não tinha fundos para pagar a um herói. Não tinha panos para...

Uma crítica sem arte
Post

Uma crítica sem arte

Eu gosto de circo. Não me pergunte o motivo. Gosto porque gosto. Gosto porque rio. O riso de boca bem aberta. O meu riso é escandaloso. Por isso, gosto de circo, de palhaço, de mágica, de encantos. Eu gosto de música. Não pergunte a diferença de “rap, funk, hip hop”, nem me pergunte porque adoro...

Desproporção
Post

Desproporção

Nós queríamos educação de qualidade, mas a solução veio com as armas ! Queríamos uma sociedade mais justa, onde as pessoas não tivessem seus sonhos furtados por quem lhes deveria garantir e efetivar direitos. Olho com muita tristeza, a desproporção entre quem tendo tudo desperdiça. Enquanto uma grande parcela míngua, outra nada na ganância e...

Os “quero-quero”
Post

Os “quero-quero”

De vez em quando me bate a bendita insônia. Eu fico teimando, ali, quieto, de olhos fechados, cutucando o cérebro, procurando o que não guardei. E vai assim. O pensamento viajando, como céu estrelado, penetrando em labirintos, escapa, sei lá! Chego a flutuar, em vez de sonhar, nesse estado de latência. Os ouvidos ficam, na...

Capão de mato
Post

Capão de mato

ver de longe um capão de mato entre veredas monótonas, sonolentas lá dentro tudo é diferente ralos florais, aqui e ali um jotabá altaneiro no mais a ilusão do capão de mato viçoso e compacto nada é verdadeiro afora a fantasia é assim na vida real capão de mato piados de mutuns. pombas verdadeiras e...

Vivência de 48 anos
Post

Vivência de 48 anos

São histórias. Todo mundo tem as suas. Hoje, vou contar para vocês sobre o meu casamento, e dois anos depois a nossa maior aventura. De mudarmos para uma cidade imaginária. Num lugar chamado Território Federal de Rondônia. Como nos filmes de ficção. E vamos lá.

Ainda do mesmo jeito
Post

Ainda do mesmo jeito

O gin me trouxe enorme sensação. ele, água tônica, hortelã, limão. aos goles lentos, ouvindo jazz  escolhidos por Rui Castro. em devaneios me deixei levar. fiquei deitado, coberto, somente o pensamento deixei de fora, curtindo o de que mais necessitava – a leveza do ser ainda humano, num país, infelizmente, desajeitado. hordas humanas  abrigam beirais...

Teimosa paixão
Post

Teimosa paixão

Há tantas palavras em teus olhos que é anulado o silêncio insistente em tua boca. Que teimosa paixão adentra meu peito! Colecionadora de ilusões atrozes, dona de infundado sentimento ! Confesso aquilo que já não cabe no peito, agora transcendental e lúdico. Não me curte ilusões doces até que as possa incorporar. Estava flutuante até...

tudo ou nada
Post

tudo ou nada

há buracos negros no universo, funil de forças que transfixa o nada há buracos negros nas pessoas, plantas e animais que não conseguimos explicar pelas leis da física há puxões invisíveis entre os corpos, nos olhares, nos abraços mesmo com todas as divergências há aparente equilíbrio que não é a realidade porque não conseguimos entender...