A receita de bolo para o Brasil

A receita de bolo para o Brasil

Não há receita de bolo, pronta e acabada, para que o nosso país possa crescer e ao mesmo tempo ser justo. São tantas as nossas carências, são tantas as nossas crises. Crises grandes, crises pequenas, crises palacianas, crises nas ruas. São tantas. Não poderemos atacar todas ao mesmo tempo. Só uma. Que seja irradiadora dos seus benefícios às demais. Porque precisaremos mudar os hábitos do brasileiro.

E onde começar?

A maioria das nossas mazelas vem da história, passa-se de uma para outra geração, como se passa a genética. E vai rolando a bola. Precisaremos quebrar este vínculo da continuidade perversa. Têm rondando os ares, dezenas de reformas anunciadas. Todas importantes. Precisaremos escolher uma delas.

Qual?

Usos e costumes ruins, isto tudo só poderá ser alterado por dois caminhos: – pelas leis austeras e que sejam cumpridas. Ou pela revolução (insurreição, insurgência, inconfidência). Do outro lado, pela EDUCAÇÃO de qualidade, que gradualmente induzirá pelo conhecimento, a criação de hábitos saudáveis.

Eu estou falando das reformas não percebidas no seio da população geral. As mudanças que dependem de governos, que são muitas, não se pode ter medo de encarar. Porque todos sabemos quais são as perversidades brasileiras, os privilégios, as dificuldades burocráticas implantadas e acostumadas, que precisam ser resolvidas.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.